Conheça o antigo "Parque do Gugu", parque do apresentador Gugu Liberato.

December 5, 2019

 

 

 

 

 

O apresentador Gugu Liberato foi de grande importância para a TV brasileira, mas você sabia que ele já teve um parque com seu nome?

 

O Parque do Gugu foi inaugurado em julho de 1997 e foi pensado para divertir toda a família.

 

Gugu, naquela época, ocupava as posições mais altas no ranking de audiência, seus programas eram vistos por milhões de brasileiros. Grandes artistas e grupos musicais de renome eram recebidos pelo carisma do apresentador. Assistir ao Domingo Legal, o programa que mais marcou a carreira de Gugu era um clássico dos domingos em família na frente do SBT.

Com tamanha relevância com o público familiar, o Parque do Gugu completaria a carreira do apresentador que também possuía uma linha própria de brinquedos, discos de música (cd’s) e uma série de produtos licenciados, aliás, todos estes produtos poderiam ser facilmente encontrados em uma das Lojas do Gugu – sim, ele criou sua própria rede de lojas de departamento, um verdadeiro sucesso.

 

 

 

 

Seu carisma e sua alegria sempre foram marca registrada de Gugu, isso fez com que o apresentador ficasse sempre próximo ao tema “parques de diversões”. Era comum assistir em seu Domingo Legal matérias gravadas em grandes Parques do Exterior, mostrando novas atrações, as sensações de uma montanha-russa e tudo o que era novidade. Beto Carrero – nosso eterno cowboy, era atração recorrente no palco do seu programa, sempre apresentando algum artista novo do Beto Carrero World. Como grande empresário, além do Parque do Gugu, estava sob seus planos a abertura de um Parque Aquático também com o seu nome, que um tempo depois se tornou realidade com a inauguração do “Fantasy Acqua Clube – O Clube Aquático do Gugu”, em Juquitiba, interior de São Paulo.

 

 

 

 

 

O Local

 

 

 

Instalado dentro do Shopping SP Market, que havia inaugurado há 2 anos, o prédio que recebeu o Parque outrora foi endereço de uma fábrica da multinacional Caterpillar, sua estrutura física era composta por uma grande área livre e pé-direito alto, o que possibilitou ao projeto do Parque do Gugu a inclusão de atrações de grande porte para um ambiente indoor, compondo uma área de 12 mil metros quadrados – maior parque indoor da América Latina.

 

 

 

O projeto do Paque foi concebido por uma empresa de nível interacional, que cuidou da importação do mix de atrações, definição de cores, áreas temáticas e todo o projeto cenográfico. O Parque do Gugu era dividido em 04 áreas temáticas, 2 anos após sua inauguração também ganhou personagens próprios que ajudariam a sustentar o tema de cada área.

 

 

 

 

Calçada da Fama - Festival:

Era a área mais colorida do Parque, logo na entrada o visitante poderia passar pela calçada da fama, com o autógrafo de grandes celebridades como Silvio Santos e Xuxa. Nessa área ficavam atrações clássicas, como o Carrossel e o Taxi do Gugu, além do tradicional MegaDance – que atualmente encontra-se no Mirabilandia Park em Pernambuco.

 

 

A abelhinha Zu

Floresta Tropical:

Localizada no centro do Parque essa era uma das áreas mais bonitas. Sua atração mais conhecida foi o “Splash”, flume-ride fabricado pela Intamin com 8 barcos e percurso com direito a túnel, efeitos especiais, animatronics e cenografia caprichada. Por ali também ficava a principal lanchonete do Parque e um brinquedo chamado “Aventura” com cordas, pontes e túneis para percorrer. 

 

 

Velho Oeste:

Com cenografia igualmente caprichada era uma área charmosa, lá ficavam construções que remetiam ao velho oeste com cenários como: saloon, prisão etc. O destaque dessa área ficava por contra de um trem-fantasma, fabricado na Itália e com dois andares, com animatronics e efeitos especiais.

 

 

High Tech:

Área destinada a atrações tecnológicas, possuía como âncora um simulador Intamin com capacidade para 48 pessoas, o mais moderno do Brasil naquela época, além da Formula G, pista de bate-bate com tecnologia de alimentação elétrica dos carrinhos através da pista – a primeira do país. Essa área ainda dispunha de do Power Zone, grande área de jogos eletrônicos com centenas de videogames.

 

 

Altos e baixos

O Parque do Gugu recebia excursões escolares e grupos vindos de outros estados. Oferecia uma infraestrutura completa para a diversão com atrações para toda a família, sanitários, áreas para alimentação e inclusive transporte exclusivo para a estação de Metrô Jabaquara.

Durante seus primeiros anos estava sempre cheio, recebendo artistas e com a sua exposição frequente no programa do Gugu. Um dos momentos mais marcantes do Parque foi receber a visita das integrantes do elenco da novela Chiquititas, que gerou uma matéria especial no Domingo Legal.

O fim do Parque do Gugu chegou 5 anos depois da sua inauguração, em 2002, junto com o fim dos “anos de ouro” da carreira do Gugu. O Parque perdeu fôlego para se manter renovado e foi em comum acordo que os empreendedores decidiram por encerrar o funcionamento do Parque, que sem dúvidas deixou muitas lembranças de momentos felizes.

 

 

 

Curiosidades

- “Parque do Gugu” foi o nome do Parque e também de um CD, gravado pelo Gugu e que também virou um especial para a TV. Esse CD é possível encontrar para venda na Internet, o CD tem participação especial de Xuxa e outros artistas.

- O projeto de iluminação do Parque do Gugu foi assinado pela mesma equipe que planejou a iluminação do Hopi Hari, por ser em ambiente indoor o Parque abusou de luzes coloridas, strobos, luzes piscando e pequenos efeitos especiais, como fumaça em alguns ambientes.

- A montanha-russa Silverado foi a primeira montanha-russa considerada temática do Brasil. Além de cenografia caprichada na estação, seu percurso possuía túnel transparente para a parte externa do prédio, além de áreas totalmente escuras, com estrelas, luzes coloridas e fumaça.

- A maioria das atrações do Parque vieram da Itália (SBF Rides: carrossel, bate bate, trenzinho, trem fantasma entre outros)e Suiça (Intamin: montanha-russa, splash e simulador), o empreendimento foi considerado um dos mais importantes lançamentos da época.

- O Shopping SP Market em 2019 completa 25 anos e ainda é conhecido por abrigar o “Maior Parque Indoor da América Latina”, o espaço fora ocupado pelo Parque do Gugu, também recebeu “O Mundo da Xuxa” e hoje abriga o “Parque da Mônica”.

 

 

Despedida

O Passaporte para entrar no Parque do Gugu custava na época R$ 20,00 para crianças e R$ 15,00 para adultos, quem era fã poderia optar pelo Passaporte Anual, vendido nas bilheterias pelo valor de R$ 68,00. O Parque do Gugu deixou saudades, foi um ambiente divertido, lúdico e recheado de atrações emocionantes.

Com a triste notícia da morte do apresentador, fica difícil não lembrar dos momentos vividos neste Parque, que marcou a infância de muitas pessoas de maneira única. As atrações, os sons, as luzes e os cheiros, tudo ficou marcado de maneira feliz e alegre, as forças mais presentes na vida de Gugu.

 

Please reload

Featured Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags