Segue a gente

  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook ícone social

Posts recentes

Tags

Arquivo

Hopi Hari se pronuncia sobre seus planos de Recuperação Judicial.



Após nossa matéria sobre a Recuperação Judicial, o Hopi Hari se pronunciou sobre seus planos em seu site oficial. Havíamos deduzido que a LTE iria retornar, mas infelizmente não é ela e sim a atração infantil Bugabalum, o que também será incrível para as crianças. De resto, todos os detalhes que anunciamos continuam nos planos do parque.

Estamos na torcida para que dê tudo certo. Avante Hopi Hari!

Leia a matéria retirada do site:

A gestão do Hopi Hari, parque temático em Vinhedo (SP), apresentou aditivo ao plano de recuperação judicial à Justiça, na última semana de outubro. O documento planeja a vida financeira do parque pelos próximos anos e, agora, depende da aprovação do juiz da 1ª Vara de Vinhedo para seguir à assembleia de credores, prevista para o primeiro semestre de 2020. Para valer, o aditivo precisa ser aprovado nesta assembleia.

“O documento remetido à Justiça inclui nosso compromisso de investir recursos próprios, para o crescimento do negócio e da região, já a partir do sétimo ano”, explica o presidente do parque, Alexandre Rodrigues. “Estamos vendo que é factível. Apenas no que diz respeito a eventos, quase já não há mais datas disponíveis para 2020”.

O aditivo, desta vez, contempla todos os credores do parque, inclusive o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e substituiu o plano da antiga gestão, derrubado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Além da venda de duas atrações paradas há mais de dez anos – Tokaia e Crazy Wagon – e reativação do brinquedo Bugaballoon, o plano ainda prevê, já no primeiro ano, novas atrações que não dependam de investimentos robustos. A partir do sétimo ano, o plano contempla a modernização da montanha-russa de madeira Montezum, tornando-a híbrida, e investimentos em novas atrações de mais destaque para o parque.

Crescimento. O momento é de bastante otimismo por parte da atual gestão: a frequência anual, que foi de 550 mil visitantes, em 2018, deve ultrapassar os 900 mil até o final deste ano. Para se ter uma ideia, somente pela Hora do Horror passaram mais de 300 mil pessoas – o evento é considerado o maior do gênero da América Latina.

No mês de novembro, em que são comemorados 20 anos de parque, entram em cena uma série de eventos do chamado Celebration. No dia 9, ocorre o Rock’n Hari, primeiro evento de rock e motos do Hopi Hari, com shows que vão de Supla a Ultraje a Rigor e mais de 20 bandas. Nos dias 7, 8 e 10, vem a Giranda La Fiesta, com a Festa dos Mortos de tradição mexicana. Já no dia 14, começa a temporada do Natal Mágiko, que vai até 12 de janeiro de 2020. Na sequência, no dia 17, tem o Adotakí, feirinha de adoção de cachorros e gatos. O parque sedia também a 4ª edição do Hopi Pride, maior festival LGBTQ+ do Brasil, que começa no dia 23 e termina no dia 24. O mês festivo encerra com um festival de música eletrônica comandado pelo DJ Alok e mais de 20 atrações, no dia 30.